julho 30, 2005

Reedição de Verissimo














O primeiro romance de Verissimo, um thriller bem-humorado, O Jardim do Diabo (Editora Objetiva) acaba de ser publicado e inteiramente revisto pelo autor. Conta a história do assassinato de uma mulher que envolve Estevão, autor de romances policiais. A primeira frase é fabulosa. Mais ou menos isto: «Tratem-me por Ismael e eu não respondo; meu nome é Estevão.» A Objetiva também lançou uma versão das tiras de Aventuras da Família Brasil.

2 comentários:

pachita disse...

Viva!

Erico Veríssimo é dos meus autores favoritos. A trilogia do Tempo e o Vento é uma pérola da literatura brasileira. Tenho pena que aqui em Portugal só conheçam o Jorge Amado e o Meu Pé de Laranja Lima do José Mauro de Vasconcelos. O JMV escreveu muito mais: escreveu a Chuva Crioula (lindo, lindo) e o Veleiro de Cristal (também lindo).

Beijinhos

nana disse...

JMV escreveu também o "Rosinha, minha canoa", lindissimo, e o "Doidão". Do Veríssimo comprei na Feira do Livro, finalmente, as "Crónicas da vida Privada", que havia perdido, pois foi emprestadado!!
e há tantos outros